quinta-feira, maio 14, 2009

As Origens de um Herói


Wolverine sempre foi o personagem mais popular da equipe X-Men, mesmo com seu jeito bronco e irônico de ser, sem falar no carisma de Hugh Jackman que encarna tão bem o personagem no cinema. Então, como a franquia parece ter terminando (pelo menos por enquanto) no cinema com o fraco X-Men - O Confronto Final, o estúdio agora aposta em prequels ou filmes de origens mostram o que aconteceu antes dos outros filmes da série e inclusive mostra alguns personagens na adolescência.

Dirigido pelo Sul Africano Gavin Hood, o filme inicia em 1845 no Canadá, mostrando rapidamente a infância do personagem que se chama James Logan (Troye Sivan) e a tragédia familiar contribuiu para moldar a personalidade do herói. Também somos apresentados a Victor Creed (Michael-James Olsen), seu amigo de infância que também possui poderes mutantes então com o passar do tempo, eles enfrentam juntos a Primeira Guerra Mundial, dentre outras guerras que são apresentados durante os créditos.

Recrutado pelo General William Striker (Danny Huston) ele passa a integrar um grupo paramilitar formado por outros mutantes, dentre eles Victor (Liev Schreiber) que realizam massacres mundo a fora, então cansado de tantos conflitos. Logan (Hugh Jackman) passa a viver isolado nas montanhas canadenses ao lado de Kayla (Lynn Collins), trabalhando como lenhador. Mas a tanquilidade dura pouco, pois Victor volta para tirar o herói do exílio e esses eventos fazem com que ele se submeta aos testes com um metal raro chamado adamantinum e passe a responder pela alcunha de Wolverine.

O filme é muito divertido, possui bons efeitos especiais e as cenas de ação empolgam, apesar da violência discreta, isso tudo porá não ter uma censura muito alta. Uma cópia incompleta, sem os efeitos terminados vazou na internet algumas semanas antes do lançamento e o fato rendeu numa série de investigações, mesmo assim não parece ter atrapalhado o desempenho do filme nas bilheterias que somente no primeiro fim de semana rendeu mais de 87 Milhões de Doláres.

A rentável bilheteria já garantiu que teremos mais um filme com Wolverine em breve e, além disso, estão previstos para os próximos anos mais dois longas de origens um com Magneto e outro com o mercenário falador Deadpool, interpretado por Ryan Reynolds. Fique atento, pois ao final dos créditos (se você tiver paciência) há uma curtíssima cena surpresa que pode ser sobre Deadpool ou sobre a continuação de Wolverine.